Mestrado Profissional em Economia: Setor Público e Desenvolvimento

CONHEÇA O CURSO

  • Periodicidade: Semestral
  • Aulas:Sextas e Sábados

O Mestrado Profissional em Economia, Políticas Públicas e Desenvolvimento do IDP (MPE-IDP) fornece aos estudantes uma sólida formação teórica e prática nas áreas de Economia, Finanças, Regulação e Análise Econômica do Direito. O objetivo é formar profissionais capazes de alinhar conhecimentos teóricos, metodológicos e práticos e que possam contribuir diretamente para o aumento da eficiência de instituições públicas e privadas do país, propondo soluções concretas para problemas reais enfrentados no seu ambiente de trabalho. Por se tratar de um mestrado stricto sensu, aprovado e recomendado pela CAPES, o MPE-IDP qualifica seus concluintes a postular um programa de doutorado, caso desejem.

O curso regular é desenvolvido em 24 meses, com oferta bimestral de disciplinas. As matérias são oferecidas quinzenalmente, às sextas (tarde/noite) e aos sábados (manhã/tarde), o que permite aos interessados conciliar sua participação no mestrado com o exercício profissional.

Estou interessado e quero saber mais informações.

José Luiz Rossi Junior

Coordenador: José Luiz Rossi

Possui graduação em engenharia elétrica pela Universidade Estadual de Campinas (1995), mestrado em Economia pela Fundação Getúlio Vargas – RJ (1998) e doutorado em Economia – Yale University (2005). Atuou como pesquisador no IPEA, economista no Banco Itaú e professor associado em tempo integral – Insper Instituto de Ensino e Pesquisa. Atualmente, é coordenador do mestrado profissional em Economia do IDP e Economista do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Tem experiência nas área de Economia e Finanças, com ênfase em Finanças internacionais, Finanças, Finanças Corporativas e Macroeconomia, atuando principalmente nos seguintes temas: Taxa de Câmbio, política monetária, política fiscal, estrutura de capital, exposição cambial das empresas, produtividade e negócios Internacionais.

Coordenador executivo: Thiago Caldeira

Doutorando em Economia na Universidade Católica de Brasília (Capes 6), é Mestre em Regulação e Gestão de Negócios pelo Departamento de Economia da Universidade de Brasília. Graduado em Economia (2005) e Direito (2013), com pós-graduação em Direito Tributário pela PUC-Minas. É consultor legislativo na Câmara dos Deputados, produzindo pareceres opinativos, proposições legislativas, estudos e outras atividades de apoio aos Deputados e órgãos da Câmara, no desempenho de suas funções legislativa, parlamentar e fiscalizadora. É professor em cursos de graduação e pós-graduação. Atualmente cedido para o cargo de Diretor na Secretaria Especial do Programa de Parcerias de Investimentos da Presidência da República. Foi Coordenador-Geral de Políticas Regulatórias na Secretaria Nacional de Aviação Civil, tendo atuado na estruturação de concessões de aeroportos e em políticas para promoção do mercado de transporte aéreo. Foi concursado no cargo de Especialista em Regulação de Serviços Públicos da Agência Nacional de Energia Elétrica, atuando principalmente na regulação econômica de contratos de concessão dos serviços de distribuição e transmissão de energia elétrica. Tem experiência e especial interesse em sub-áreas de Economia e Direito, entre as quais regulação econômica, concessões de infraestrutura, direito regulatório, defesa da concorrência, avaliação de políticas públicas, tributação.

Entre as sete disciplinas optativas que deverá cursar, o estudante tem total liberdade para optar por qualquer combinação de disciplinas das cinco áreas de interesse, de forma a melhor atender aos objetivos de sua pesquisa. Estimula-se, fortemente, que o estudante curse disciplinas de diferentes áreas de interesse, com vistas a ressaltar o caráter interdisciplinar da formação do mestrando.

 

1. ECONOMIA, INSTITUIÇÕES E DESENVOLVIMENTO

José Luiz Rossi
Coordenador • Doutor em Economia

José Luiz Rossi

Leonardo Monastério
Doutor em Desenvolvimento Econômico, pesquisador de carreira do IPEA e atualmente coordenador-geral de Ciência de Dados da ENAP.

Leonardo Monastério

Gustavo José de Guimarães e Souza
Doutor em Economia. Diretor da Secretaria Especial de Fazenda, do Ministério da Economia.

Gustavo José de Guimarães e Souza

Sérgio Ricardo de Brito Gadelha
Pós-Doutorando e Doutor em Economia, Coordenador-Geral de Modelos e Previsões Econômico-Fiscais na Secretaria de Política Econômica do Ministério da Economia.

Sérgio Ricardo de Brito Gadelha

2. LAW AND ECONOMICS

Adolfo Sachsida
Pós-Doutor em Economia. Secretário de Política Econômica do Ministério da Economia

Adolfo Sachsida

Fernando Meneguin
Doutor em Economia. Diretor do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor – DPDC, do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Fernando Meneguin

José Roberto Afonso
Doutor em Desenvolvimento Econômico. Pesquisador do IBRE/FGV

José Roberto Afonso

Luciano Timm
Pós-Doutor em Direito. Secretário Nacional de Defesa do Consumidor no Ministério da Justiça.

Luciano Timm

3. FINANÇAS

Josué Pellegrini
Mestre e Doutor em economia. Diretor da Instituição Fiscal Independente (IFI) do Senado Federal

Josué Pellegrini

Felipe Scudeler Salto
Mestre em Administração Pública e Governo. Diretor-Executivo da Instituição Fiscal Independente do Senado Federal

Felipe Scudeler Salto

Sérgio Jurandyr Machado
Mestre em Finanças e Doutor em Administração de Empresas. Auditor de Finanças e Controle na Secretaria do Tesouro Nacional.

Sérgio Jurandyr Machado

Adonias Evaristo da Costa Filho
Doutor em Economia. Analista de Finanças e Controle da Secretaria do Tesouro Nacional

Adonias Evaristo da Costa Filho

4. REGULAÇÃO E CONCORRÊNCIA

Guilherme Mendes Resende
Doutor em Economia. Economista-chefe do CADE

Guilherme Mendes Resende

Rogério Boueri Miranda
Doutor em Economia. Subsecretário de Política Agrícola e Meio Ambiente do Ministério da Economia

Rogério Boueri Miranda

Carlos Eduardo Gasparini
Doutor em Economia. Analista de Planejamento e Orçamento (APO) do Ministério do Planejamento

Carlos Eduardo Gasparini

Alexandre Xavier Ywata de Carvalho
Doutor em Estatística. Vice-Presidente de Controles Internos e Gestão de Riscos na Caixa Econômica Federal

Alexandre Xavier Ywata de Carvalho

Confira abaixo o passo a passo para ingresso no Mestrado do IDP.

ETAPA 1: PREENCHIMENTO DO CURRÍCULO E DO PLANO DE ESTUDOS

O currículo e plano de estudos deve ser preenchido em modelo próprio do IDP, que pode ser baixado clicando aqui.

ETAPA 2: PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO E ENVIO DO CURRÍCULO E PLANO DE ESTUDOS

O formulário de inscrições está disponível no Portal do IDP. Você pode acessá-lo, clicando aqui. Ao final do preenchimento, deve ser paga a taxa de inscrição, no valor de R$ 100,00 (cem reais).

ETAPA 3: ANÁLISE DA DOCUMENTAÇÃO

A documentação enviada será analisada pela banca examinadora. Será atribuída nota de 0 (zero) a 10 (dez) pontos com base nos critérios acima descritos. Será considerado reprovado e eliminado o candidato que obtiver pontuação inferior a 7 (sete). Serão aprovados para a etapa seguinte até 60 candidatos.

Os planos de estudo serão avaliados quanto aos seguintes aspectos: (i) clareza na apresentação do tema e do objetivo da pesquisa; (ii) relevância e atualidade do tema de pesquisa; (iii) identificação dos problemas que poderão ser abordados na pesquisa.

ETAPA 4: ENTREVISTA

Os candidatos pré-aprovados nas etapas anteriores serão convocados para uma entrevista com a banca examinado do MPE. As datas e os horários das entrevistas serão definidos pela banca examinador e comunicados aos candidatos. A entrevista poderá ser realizada presencialmente (na sede do IDP) ou por Skype.

A “Avaliação Oral” terá duração aproximada de 15 (quinze) minutos e consistirá em arguição do candidato pela Comissão de Seleção com base nas informações do currículo do candidato e do seu plano de estudos. Trata-se de avaliação formativa, de caráter eliminatório, que visa aferir a adequação do candidato, seu currículo e plano de estudos ao Programa de Mestrado Profissional do IDP.

ETAPA 5: DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS

A lista de aprovados será divulgada no portal www.idp.edu.br, na coluna de notícias.

ETAPA 6: MATRÍCULA

Os candidatos aprovados serão comunicados por e-mail, que conterá as orientações para formalização da matrícula.

Cronograma:

NOSSOS DIFERENCIAIS

O principal diferencial do Mestrado Profissional em Economia do IDP é, sem dúvidas, o corpo docente. O mesmo foi concebido com base em dois critérios principais: formação acadêmica sólida e experiência profissional relevante. Quanto à formação acadêmica, além da diversidade de interesse e pesquisa, nota-se a formação dos docentes em instituições nacionais e internacionais de elevada reputação juntamente de diversas publicações em importantes revistas científicas em âmbito mundial.

No caso da qualificação profissional, buscou-se profissionais que tivessem inserção atual – ou em passado recente – na vida econômica do país nas mais diferentes formas. Nesse sentido, o curso é composto por profissionais com experiência no setor público e privado, em diferentes ramos de governo, pesquisadores e consultores na área de Economia.

Essa sólida experiência no mercado de trabalho favorece a aplicação do ferramental teórico exposto nas aulas, acentuando o caráter profissionalizante do curso.

Considerando que o perfil do egresso pretendido, o processo formativo do Mestrado contempla disciplinas que relacionem o conhecimento específico da área de Economia com outras áreas, como a Ciência Política, o Direito, História, Estatística, Matemática e Administração.

O Programa de Mestrado em Economia está organizado a partir da oferta de disciplinas de 02 créditos (40 horas/aula), sendo 05 disciplinas obrigatórias – totalizando 10 créditos – e 07 disciplinas optativas – contabilizando outros 14 créditos. Há ainda a previsão de 6 créditos para as atividades de elaboração do Trabalho de Conclusão de Curso/Dissertação. Ao final do curso, o discente deverá ter cursado 30 créditos.

Ao todo, são oferecidas mais de 20 disciplinas, sendo 05 obrigatórias e as restantes optativas (entre as quais o discente escolherá cursar no mínimo 07).

Uma das principais características do Mestrado Profissional em Economia do IDP é a metodologia que, além de uma sólida formação teórica, confere especial atenção a aplicações práticas do conhecimento, como pode ser visto pelos nossos professores que possuem excelentes trajetórias acadêmicas e vastas experiências no mercado profissional.

Nosso público alvo é formado por servidores públicos, profissionais do setor privado e estudantes empenhados em aumentar seus conhecimentos, que possuam graduação completa e experiência profissional.

AINDA COM DÚVIDAS?

Share This Course